Esporte News

Vitória deixa escapar o triunfo em Natal

O Vitória começou o segundo turno da mesma forma que iniciou o campeonato. Após o triunfo sobre o Barueri, um empate, só que desta vez fora de casa. Na tarde deste sábado (1º), mesmo após conseguir virar o placar, o time baiano não segurou o resultado e cedeu o empate ao América-RN, em 2 a 2, no Estádio Nazarenão. Os gols do Vitória foram marcados pelo zagueiro Victor Ramos e o meia-atacante Willie. Na próxima rodada, o rubro-negro terá o duelo mais esperado da Série B, contra o vice-líder Criciúma, no Estádio do Barradão, terça-feira (4), às 19h30.

A intensidade do Vitória estava em nível máximo no começo da partida. Aos 4, o jovem Willia bateu de fora e Dida defendeu. Pouco depois, aos 8, Pedro Ken finalizou e o arqueiro fez boa defesa. No rebote, Elton teve tudo para abrir o placar, porém, a defesa do América-RN chegou na hora e aliviou o perigo. A superioridade rubro-negra durou até os primeiros 15 minutos. Aos 17, a cobrança de falta passou por todo mundo na área do leão, menos por Deola. O camisa 1 estava atento e conseguiu desviar. O time da casa se empolgou. Aos 21, o atacante Isac ficou livre de marcação. Mas, antes do chute, o auxiliar marcou impedimento e parou o lance. O gol do América-RN não demorou de sair. No minuto seguinte, Lúcio Curió tabelou com Isac e bateu no canto. 1 a 0.
Vitória acorda
Após levar o gol e equilibrar as ações do jogo, o rubro-negro chegou ao empate com Victor Ramos. Aos 35, o defensor subiu mais que todo mundo e cabeceou para deixar tudo igual. Só deu Vitória na sequência. Aos 39, o centroavante William soltou a bomba de longe e Dida, mais uma vez, espalmou. Antes do intervalo, o time baiano criou nova oportunidade. O cruzamento feito por Léo passou por todo mundo e parou nos pés de Elton, mas, na hora do arremate, o zagueiro Edson Rocha travou.
Reinício movimentado
O leão foi rápido no gatilho e virou o jogo. Aos 7, o 'maestro' Pedro Ken apareceu de novo. O camisa 8 viu Willie livre e tocou, por cima. O garotoada base bateu colocado e botou o Vitória na frente do placar. A alegria dos baianos foi passageira. Aos 13, Cleber desviou no primeiro pau, após escanteio, e enganou o goleiro Deola. A bola passou por cima do camisa 1 e morreu no fundo gol. Tudo igual mais uma vez.

Goleiros em ação
A temperatura do jogo caiu. Aos 27, Tartá cruzou na área, mas Elton chegou atrasado e não conseguiu concluir. O América-RN respondeu. Aos 30, o atacante Max mandou uma bomba e Deola espalmou para escanteio. Paulo César Carpegiani resolveu dar um pouco mais de segurança ao sistema defensivo e colocou Rodrigo no lugar de Uelliton. A alteração não diminuiu a qualidade ofensiva do Vitória. Aos 40, a defesa do América-RN não conseguiu afastar o perigo com perfeição e deixou a bola nos pés de Gabriel Paulista. De primeira, o zagueiro bateu forte e Dida fez outra grande defesa. Do outro lado, o camisa 1 rubro-negro também teve que trabalhar. Soares ficou sem marcação e finalizou para uma linda intervenção de Deola. No final da partida, em dois lances, principalmente na falta cobrada pelo meia Pedro Ken, o camisa 1 da equipe potíguar apareceu de maneira milagrosa e segurou o empate.

FICHA TÉCNICA
SÉRIE B
América-RN 2 x 2 Vitória
Local: Estádio Nazarenão, em Goianinha (RN).
Data: Sábado, 1 de setembro.
Árbitro: Fabrício Neves Correa (CBF/RS).
Assistentes: Marcos A da Silva Brigido (CBF/CE) e Jesmar Benedito Miranda de Paula (CBF/GO).
Gols: Lúcio Curió e Cleber (América-RN) / Victor Ramos e Willie (Vitória)
América-RN: Dida; Norberto (Thiaguinho), Edson Rocha, Cléber e Wanderson; Ricardo Baiano, Alan Bahia, Fabinho e Netinho; Isac (Max) e Lúcio (Soares). Técnico: Roberto Fernandes.
Vitória: Deola; Léo (Tartá), Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gilson; Uelliton (Rodrigo), Michel, Pedro Ken e Willie (Fernando Bob); Élton e William. Técnico: Paulo César Carpegiani.
 
Por: Bahia Notícias