Esporte News

Com gols no primeiro tempo, Leão e Tigre ficam no empate no Barradão

Jogo aberto, franco, disputado... Digno dos donos das melhores campanhas do campeonato, mas sem vencedores no Barradão quase lotado pelos rubro-negros. O triunfo não veio, mas a torcida não pode reclamar de não ter visto uma boa partida de futebol na noite desta terça-feira (4). Vitória e Criciúma ficaram no empate em 2 a 2 no confronto válido pela 22ª rodada da Série B. Todos os gols do jogo sairam no primeiro tempo, dos pés de Zé Carlos, William, Lucca e Elton, nesta ordem.

As pontuações mudaram, mas a diferença entre o líder e vice-líder continua a mesma. Com o ponto conquistado no resultado igual, o Leão foi a 49, o Tigre a 46 e três pontos continuam separando os times na tabela de classificação. A Série B continua, e no próximo sábado (8), os dois times voltam a campo. Para o Vitória o desafio será fora de casa, no Ipatingão, para enfrentar o Ipatinga, a partir das 16h. No mesmo horário o Criciúma recebe o América Mineiro no Heriberto Hulse.

1 tempo, 4 gols - Jogo aberto, bonito e equilibrado desde o apito inicial no Barradão. Os dois times partiram para cima e permitiram espaços para também receberem as investidas. Mostrando eficiência primeiro, o Tigre abriu a contagem ainda cedo, aos 5', com o artilheiro Zé Carlos, que pegou de primeira depois de ótimo passe de Lucca e não perdoou. Antes e depois do primeiro gol, a forte e individualizada marcação do Criciúma em Pedro Ken, principal homem da armação rubro-negra, dificultou os ataques, mas depois de ficar em desvantagem, os donos da casa conseguiram encontrar saídas.

Com a encolhida do Tigre, o Leão chegou ao empate aos 27', depois de duas grandes defesas à queima-roupa, o goleiro Michel Alves deu rebote e no terceiro chute William fuzilou a rede para empatar. A torcida ainda comemorava quando teve que se calar. Um minuto depois do empate o time catarinense voltou à vantagem no bonito chute colocado de Lucca, da entrada da área, que não teve defesa para Deola.

O Vitória não se assustou com o gol repentino e continuou criando mais chances no primeiro tempo. A pressão foi feita e deu resultado. Aos 38' Elton subiu mais que a defesa na cobrança do escanteio, acertou o cabeceio e igualou o placar mais uma vez no primeiro tempo de tirar o fôlego no Barradão.

O segundo tempo começou com o mesmo ritmo forte que terminou a primeira etapa, mas sem a mesma sequência de ataques e contra-ataques. O Tigre soube aproveitar melhor a equilibrada posse de bola, e levou perigo primeiro ao gol adversário. A primeira chance clara de mais um gol do Tigre veio no pés de Kleber, que arrancou sozinho pelo meio, se adiantou, tentou encobrir Deola, mas não conseguiu superar a altura do arqueiro rubro-negro.

Com o time preso na intermediária, Carpegiani gastou as substituições antes dos 25 minutos e tentou colocar o time para cima, mas ainda assim o Tigre continuou dando trabalho para a defesa. Aos 42', Tartá ainda arrancou bonito lançamento pra Marquinhos, ele chuta rasteiro, de primeira, mas Michel defendeu com o pé.

Vitória 2 x 2 Criciúma - 22ª rodada - Campeonato Brasileiro Série BData: 4/9/2012, 19h30
Local: Barradão, Salvador
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Eduardo de Souza Couto (RJ)

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gilson; Uelliton, Michel (Fernando Bob), Pedro Ken (Marquinhos) e Willie (Tartá); William e Elton - Técnico: Paulo César Carpegiani

Criciúma: Michel Alves, Ezequiel, Matheus Ferraz, Nirley e Marlon; Diego Oliveira, Elias, Kléber e Giovanni Augusto; Lucca (Lins) e Zé Carlos (Gilmar) - Técnico: Paulo Comelli
 
Fonte: Ibahia