Esporte News

Bahia segue invicto no Segundo Turno

Nem tão ruim assim. É o que se pode dizer do empate em 1 a 1 que o Esquadrão arrancou diante do Rubro-negro pernambucano na noite desta quarta-feira (12), na Ilha do Retiro. Barrado pela marcação cerrada dos donos da casa, o Tricolor teve dificuldades mas conseguiu abocanhar um pontinho fora de casa na partida válida pela 24ª rodada do Brasileirão. Hugo abriu o placar no primeiro tempo e Helder igualou a contagem na segunda parte do jogo. A equipe comanda por Jorginho está há seis partidas sem saber o que é derrota no certame.

O ponto somado com o empate levou o Tricolor aos 28 pontos, na 14ª posição. Colocação que pode mudar com o final de outros jogos da rodada. A distância para a zona do rebaixamento, que tem o Sport em 17º, com 22 pontos, continua sendo de cinco pontos. De volta pra casa, no próximo domingo (12), o Bahia enfrenta o Figueirense, em Pituaçu, a partir das 16h, em partida válida pela 25ª rodada. O Sport vai até o Beira Rio, em Porto Alegre, e enfrenta o Internacional também no domingo, às 18h30.

Bola rolando - Domínio dos donos da casa no primeiro tempo na Ilha do Retiro. A pressão do Sport começou logo nos primeiros minutos, e o time abriu a contagem ainda na marca dos 4'. O gol veio no cabeceio de Hugo, que completou o lançamento de Renê passando pela defesa de Marcelo Lomba. Dois minutos depois o goleiro tricolor impediu que Rithely ampliasse, também no lance aéreo, e fez boa defesa depois do toque de cabeça. Com muita dificuldade para se infiltrar na defesa rubro-negra, principalmente pelo meio, o Bahia praticamente não incomodou o goleiro Saulo.

Nas poucas vezes em que o Esquadrão chegou com algum perigo, os lances surgiram dos cruzamentos pela lateral. Além de não conseguir atacar, a defesa tricolor não conseguia parar os meias do mandante, que continuava oferecendo perigo na área. Aos 27', Rithely mergulhou sozinho para cabecear depois do cruzamento, acertou a bola, mas errou por pouco a meta. Já aos 43', foi Hugo quem conseguiu mandar pra rede depois de invadir a área, mas gol foi invalidado pois o jogador já havia feito a falta de ataque em Danny Morais.

Com a mudança de Elias no lugar de Zé Roberto, o Bahia voltou com uma postura melhor para o segundo tempo. Com mais movimentação, o time conseguiu se livrar dar marcação nos primeiros minutos, chegando com mais facilidade na área do Sport. Ainda assim, foi o Rubro-negro quem assustou primeiro na segunda etapa. Aos 9', na bobeira na saída de bola do Esquadrão, Hugo roubou, manda o chute forte de fora da área e ela passa muito perto da meta.

Não demorou muito aos donos da casa voltarem a encaixar a marcação e levar mais uma vez dificuldade para a criação tricolor. A saída para o bloqueio ficou com Jones, mais pela esquerda. Aos 27', no oportunismo, Elias quase deixou tudo igual. Ele mandou a bomba da entrada da área, mas o travessão impediu o gol. O goleiro Saulo não teve a mesma sorte na marca dos 38', quando Helder chegou pelo meio, recebeu o passe de Jones e mandou para o fundo da rede.
 
Fonte: Ibahia