Esporte News

Bahia aproveita falhas e irregularidade do São Paulo, vence

Sem criatividade, sem movimentação e apático, o São Paulo não conseguiu vencer o Bahia em Salvador e se desgarrou do pelotão de frente do Campeonato Brasileiro. A derrota por 1 a 0 é só mais um capítulo da novela de irregularidade que o time do Morumbi apresenta desde o início do campeonato.
 
 
O gol da vitória do Bahia foi marcado por Gabriel, depois que a defesa são-paulina bateu cabeça, saiu jogando errado e deixou o jogador do time da casa ficar com liberdade na frente de Rogério Ceni e finalizar sem dificuldade.
 
 
A derrota faz o São Paulo interromper uma ascensão de três vitória seguidas e estacionar nos 34 pontos, quatro a menos que o Vasco, o quarto colocado, que venceu no sábado. O Internacional também chegou aos 34 pontos depois da vitória sobre o Flamengo.
 
 
Já o Bahia conseguiu apenas sua segunda vitória em casa nesta edição do Brasileiro. E, com 23 pontos, se afastou da zona da degola.
 
 
A partida em Salvador foi de muita correria e pouca inspiração. As duas equipes apresentaram problemas na armação das jogadas e fizeram um primeiro tempo sem grandes chances de gol. O São Paulo apostava nos dribles de Lucas e nos chutes de fora da área de Cícero.
 
 
Era pouco. No segundo tempo, a apatia foi castigada com o maior ímpeto do time da casa. O técnico Jorginho, que foi recém-contratado, mexeu na equipe e a tornou mais ofensiva. O Bahia teve chances de abrir o placar e contou com a colaboração da defesa adversária para chegar lá.
 
 
Pelo lado paulista, Osvaldo, que entrou no segundo tempo, era a opção de velocidade no ataque, mas suas tentativas não levaram muito perigo ao gol de Marcelo Lomba.
 
 
Com a vitória assegurada, a torcida da casa, que passou as últimas rodadas ensaiando protestos, começa a respirar a aliviada. Foi o segundo triunfo consecutivo do time, resultados que coincidem com a chegada do técnico Jorginho.
 
 
Já o São Paulo vai recomeçar a tentar aquilo que já se acostumou a fazer neste campeonato: se recuperar de tropeços. Terá a chance na próxima quarta, contra o Inter em casa, um duelo direto para chegar na zona de classificação da Libertadores.
 
Fonte; Uolesportes