Esporte News

Torcida do Vitória leva time ao aeroporto

O torcedor do Vitória, clube que é o líder absoluto da 2ª Divisão do Campeonato Brasileiro com 47 pontos ganhos, está em estado de graça. Qualquer agitação é motivo de festa, de comemoração.
Nessa quinta-feira (30/8) à noite os jogadores do rubro-negro foram surpreendidos com a presença de dezenas de eufóricos torcedores no embarque da delegação para o Rio Grande do Norte, visando o jogo desse sábado (1/9), às 16 horas, contra o América de Natal.
Com bandeiras, faixas e muita festa, cantando “vamos subir nêgo, vamos subir nêgo”, a torcida do Vitória foi levar seu apoio, confiança e otimismo em mais uma boa apresentação do time na Série B do Brasileiro.
Toda esta agitação tem uma explicação: o time rubro-negro entrou em contagem regressiva para a volta à Série A, a 1ª Divisão do campeonato Brasileiro. Com 47 pontos ganhos, mais seis triunfos nos 18 jogos que faltam na segunda fase, carimba a vaga do time baiano, com 65 pontos, no G-4 da 2ª Divisão.
Dentro desta previsão, cada jogo, cada ponto ganho é um degrau a menos na escada rumo à elite do futebol brasileiro.
Mas os jogadores receberam o apoio da torcida falando em seriedade e compromisso, prevendo um jogo muito difícil contra o América, que empatou com o rubro-negro em Salvador, logo na segunda rodada, dentro do Estádio Manoel Barradas.
Para o ídolo Victor Ramos, este será um jogo com clima de decisão, de arrepiar os cabelos, descartando a possibilidade do Vitória entrar em campo como favorito. “Todo jogo é complicado e essa partida de sábado também não será fácil. O América é uma equipe que marca muito, é bem qualificada no meio de campo e tem atacantes perigosos. Temos que ficar com os olhos bem abertos se quisermos voltar para Salvador com os três pontos”.
O volante Michel faz coro nas palavras de advertência do zagueiro Victor Ramos. O jogador destacou que, mesmo em boa fase, o time baiano mantém a humildade para continuar no caminho da elite do futebol nacional. A regra é não esquecer de dar um passo de cada vez para não tropeçar nas próprias pernas na Segunda Divisão.
"Acho que temos que deixar os números para os matemáticos e torcedores. Não adianta ficar pensando nisso. Estamos buscando um passo de cada vez. Queremos primeiramente nos distanciar do quinto colocado para depois tentar conquistar o título”, disse Michel, mantido no meio-campo ao lado de Uellinton, Pedro Ken e Willie.
 
Fonte: Tribuna da Bahia