Esporte News

Vitória vence Atlético e chega ao quinto triunfo consecutivo

Jogar fora de casa não vem sendo problema para o Vitória na segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o Leão não tomou conhecimento e venceu o Atlético-PR por 1 a 0 e chegou ao quinto triunfo consecutivo na competição.

O primeiro tempo da partida foi marcado pela falta de criatividade das duas equipes. Isso foi comprovado através da quantidade de chances de gol criadas¬ pelas duas equipes, três ao total.
O primeiro lance do jogo aconteceu aos 5 minutos. Ricardinho chutou da entrada da área e a bola passou raspando o gol de Gustavo, que ficou só observando, saindo em tiro de meta.

Após essa jogada aconteceu o lance que mais chamou atenção na etapa inicial. O goleiro Gustavo pisou em um buraco e sentiu uma contusão, tendo parado o jogo em mais de uma oportunidade para cuidar da contusão.

Depois dessa situação a partida só voltou a ter movimentação aos 26 minutos. A bola foi cruzada para a área do Atlético-PR e Derley se antecipou à zaga do Vitória e cabeceou, mas Gustavo fez a defesa.

O Vitória só assustou aos 49 minutos quando Leílson aproveitou a falha da defensiva do Furacão e chutou por cima do gol, deixando a partida empatada na etapa inicial.

No segundo tempo o Vitória teve a primeira oportunidade de abrir o placar. Marquinhos recebeu passe em profundidade, driblou Wellington Saci e chutou fraco para a defesa de Weverton.

Aos cinco minutos o Rubro-Negro baiano teve outra grande oportunidade. Pedro Ken recebeu na direita e rolou para Leílson, mas o meia furou e desperdiçou grande chance de fazer o gol.

A resposta do Atlético-PR veio acompanhada de um lance inacreditável. Forlán chutou de fora da área e o goleiro espalmou. No rebote, Marcelo, sozinho e de cara com o gol, errou o alvo e chutou para fora.

O Vitória respondeu em belo estilo. Marquinhos ganhou no meio de dois zagueiros e colocou por cobertura e a bola passou tirando tinta do gol de Weverton. No lance seguinte o Rubro-Negro baiano não desperdiçou. Leílson recebeu passe em profundidade e entrou na área do Atlético-PR chutando, mesmo sem ângulo, para o fundo das redes.

Depois foi a vez das duas equipes perderem um gol de cara cada. Marcelo, novamente sozinho, errou o alvo debaixo da trave. No lance seguinte, Willie dominou sozinho a bola e entrou na área, mas na hora de concluir chutou no travessão, deixando a partida 1 a 0 para o time baiano.

Ficha Técnica:

Atlético-PR (0):
Weverton; Maranhão, Manoel, Cleberson e Wellington Saci (Bruno Costa); Derley, João Paulo e Paulo Baier (Ligüera); Marcelo, Tiago Adan (Bruno Forlán) e Ricardinho.
Técnico: Jorginho

Vitória (1): Gustavo (Caio Secco); Gabriel Paulista, Victor Ramos e Dankler; Nino Paraíba, Uelliton, Michel, Pedro Ken e Leílson (Tartá); Marquinhos e Marcelo Nicácio (Willie).
Técnico: Carpegiani.

Local: Estádio Gigante do Itiberê, em Paranaguá (PR)
Data: 21/07/2012 (sábado)
Horário: 16h20
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (FIFA/SP)
Assistentes: Herman Brumel Vani (CBF/SP) e Ricardo Pavanelli Lanutto (CBF/SP)

Por: Arena nordeste