Esporte News

O caminho da 1ª Divisão

Queiros atrás de um novo camisa nº 1 para o Leão
A meta traçada pela Comissão Técnica do Vitória é de garantir uma das vagas do G-4 com quatro a cinco rodadas de antecipação do final da Série B. Depois de carimbar a volta à 1ª Divisão de 2013, o time entra na luta pela conquista do título da 2ª Divisão de 2012. Para atingir seu objetivo, o rubro-negro baiano tem a seu favor a disputa de mais 13 jogos em casa, no Estádio Manoel Barradas, na Toca do Leão, com o apoio direto da sua torcida.

Nos cálculos dos “matemáticos” de plantão, o Vitória, ou qualquer clube da Série B, garante uma das vagas do G-4 para a Série A do Brasileiro, com o mínimo de 64 pontos. Vice-líder com 25 pontos, nesta previsão, o time baiano precisará de mais 13 triunfos, 39 pontos, para chegar aos 64 pontos ganhos com a expressiva vantagem de 21 triunfos, o primeiro critério de desempate.
 
 
E são exatamente 13 jogos que o Vitória tem a disputar em casa, no Estádio Manoel Barradas, a partir da próxima semana, dia 28 de julho, sábado, contra o CRB de Maceió.

Na Toca do Leão o rubro-negro é imbatível, não perdeu um jogo este ano, mas, mesmo que não vença todos, terá exatamente o mesmo número de jogos fora de Salvador, 13, para chegar ao mínimo dos 64 pontos, e na campanha que vem fazendo, a força longe de Salvador, o time do técnico Paulo César Carpegiani tem 66,6% de aproveitamento como visitante.
 
 
Pelo objetivo traçado, o Vitória teria que chegar na 12ª rodada da Série B com 24 pontos ganhos. Como o time venceu os quatro últimos jogos, já chegou aos 25 pontos ganhos e está com um ponto de sobra para a próxima etapa das mini-metas.
 
 
Se o desempenho fora de casa for mantido, o planejamento será um mero detalhe ao final da Série B.

Vitória está contratando mais um goleiro
Pode ser 14, 36, ou 72 horas, o tempo é o que menos importa, as horas podem até ser reduzidas para minutos. O certo é que o Vitória está acertando a contratação de mais um goleiro para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Não é Felipe, atual reserva do Flamengo, embora não tenha saído totalmente dos planos, mas segundo declarações de Alexi Portela Júnior, é um jogador de expressão e que pode chegar a Salvador a qualquer momento, “porque as negociações estão bastante adiantadas”. Palavra de presidente.
“Um cão danado, todos à ele”. Os erros de Douglas na decisão do título do Campeonato Baiano, no clássico de 3 a 3 contra o Bahia, jamais serão esquecidos, ou perdoados, como aconteceu com o goleiro Gelson, com uma única falha, na decisão de 1979, que ainda hoje é execrado por tudo e por todos do rubro-negro baiano.
O susto do jogo contra o Asa, quando o Vitória vencia por 3 a 0 e permitiu a reação do time alagoano, que marcou dois gols em três minutos trouxe à tona o vexame de Goiânia, a derrota de 4 a 3 para o Goiás, e mais uma vez, o goleiro Douglas foi responsabilizado pelo primeiro gol dos alagoanos “bola na pequena área é do goleiro, e ele não saiu, ficou estático embaixo dos três paus”.

Para completar, Douglas não joga sábado contra o Atlético Paranaense, em Curitiba, em partida válida pela 12ª Rodada da Série B do Brasileiro, suspenso pela 3ª advertência do cartão amarelo.
O técnico Paulo César Carpegiani será mais uma vez obrigado a promover mudanças na equipe e três opções para o gol: Renan, Gustavo e Caio Secco. Qual deles deve ter a chance de ser titular? Renan, que passou grande parte do primeiro semestre de 2012 em rodízio com Douglas para ser o goleiro do Vitória, sequer tem sido relacionado.
O jovem Gustavo, revelado nas divisões de base da Toca do Leão, é quem tem sentado no banco de reservas, e o recém-contratado Caio Secco, de 21 anos, sequer está indo para o banco de reservas do rubro-negro.
Diante deste constrangimento, de ter quatro jogadores para o gol, que na avaliação da torcida, não valem um, só resta à diretoria contratar, com urgência, um jogador que não signifique dinheiro jogado fora do caixa do clube, e que realmente o Vitória defenda uma das máximas do futebol: “Um grande time começa por um grande goleiro”.
Fonte: Tribuna da Bahia