Esporte News

Vitória terá novo técnico até domingo

Márcio cotado para assumir o Leão
O prazo para o anúncio do novo técnico do Vitória termina nesse fim de semana. Os treinadores mais cotados para ocupar a função são Márcio Araújo e Paulo César Carpegiani. “Além dos dois, temos outros nomes também. Mas eles são os principais. Voltamos hoje para Salvador e devemos fechar nos próximos dias”, declarou o diretor de futebol do Vitória, Raimundo Queiroz. 

Após a demissão de Toninho Cerezo, o primeiro nome cogitado pelo rubro-negro foi Carpegiani. Mas a diretoria do clube ainda não recebeu nenhuma resposta. O treinador também foi procurado no final de 2011 para ocupar o cargo, mas recusou o convite, alegando problemas particulares. Em 2009, Carpegiani, que atualmente está no Rio Grande do Sul, conquistou o título baiano à frente do Vitória.
 
Diante da incerteza da vinda de Carpegiani, outro treinador passou a encabeçar a lista dos mais cotados. Atualmente no São Caetano, Márcio Araújo recebeu uma proposta oficial do Vitória e pode ser o futuro técnico do clube. O único obstáculo para a vinda do treinador é o contrato firmado com o time paulista até o final deste ano. Portanto, o rubro-negro teria que arcar com uma multa rescisória para trazê-lo.

Mas, em contrapartida, o treinador tem como fator positivo a campanha que levou o Bahia de volta à Serie A em 2012. A resposta de Márcio deve ser dada após a partida contra o Guaratinguetá no domingo.
 
Além de Carpegiani e Márcio Araújo, o diretor do clube, Raimundo Queiroz, também citou Waldemar Lemos, que recusou uma proposta do Vitória na sexta-feira passada, antes de ser demitido do Náutico, e Jorginho, que está na Portuguesa e luta contra o rebaixamento no Campeonato Paulista.

A Lusa é 15ª colocada na tabela de classificação e precisa vencer o Mirassol para não depender de outros resultados. Apesar do time não estar bem no Estadual, Jorginho tem respaldo no clube, pois foi o responsável por montar a Lusa quase imbatível na Série B de 2011.
 
Por enquanto, com a determinação inicial, de ficar à frente do Vitória por três rodadas, o técnico interino Ricardo Silva segue cumprindo o seu papel. Até o momento, Ricardo comandou o grupo em duas partidas, sendo um triunfo sobre o Juazeiro pelo Campeonato Baiano e o empate com o ABC pela Copa do Brasil.
 
Rubro-negro sofrerá três desfalques
 
Pela última rodada do Campeonato Baiano, três jogadores devem desfalcar o time do Vitória contra o Feirense, nesse domingo, no Barradão. Após sofrerem o terceiro cartão amarelo, Pedro Ken e Neto Baiano não entrarão em campo. O lateral Romário também não jogará a partida, pois foi expulso na 21ª rodada, no triunfo diante do Juazeiro.
 
Para substituir os atletas durante a partida decisiva para definir a sequência de jogos da semifinal do estadual, o técnico interino do rubro-negro, Ricardo Silva, escalou Dinei para substituir Neto Baiano e Léo para ocupar o lugar de Romário. Sem mistérios, o treinador admitiu que a única dúvida está relacionada à vaga deixada por Pedro Ken. Concorrem à posição, os jogadores Mineiro, Róbston e Arthur Maia.
 
Com 40 pontos, em 2° lugar no Estadual, o Vitória tem o Feirense na cola. A equipe tem apenas um ponto a menos que o rubro-negro, e ocupa a 3ª posição. Além de se confrontarem no domingo, os times também serão adversários na semifinal. Como o Vitória tem a vantagem atual, basta empatar no domingo, para jogar por dois empates na semifinal e ser o mandante no jogo de volta.
 
Técnico interino concede folga ao time
 
Satisfeito com o empate em 1 a 1, diante do ABC, pela Copa do Brasil, o técnico interino do Vitória, Ricardo Silva, concedeu folga aos jogadores ontem. O grupo ficou seis dias distante de Salvador, e terá duas partidas decisivas nos próximos dias, no Barradão. O elenco deve se reapresentar hoje, às 9h, no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura.
 
Nesse domingo, o adversário do rubro-negro será o Feirense, pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Baiano.
 
Com a vantagem na tabela de classificação, o objetivo do Vitória será brigar pelo empate, para disputar a segunda partida das semifinais em casa. Depois desse confronto, o Vitória entrará novamente em campo na quarta-feira, na partida de volta, contra o ABC, o jogo será definitivo para determinar quem seguirá para as oitavas de final da Copa do Brasil. Em casa, o rubro-negro joga pelo empate sem gols.

Caso o placar de 1 a 1 se repita, a vaga será definida nos pênaltis. Mas um empate por 2 a 2, ou resultado superior, leva o ABC para a terceira fase da Copa do Brasil.  
“Podíamos ter conquistado uma vitória, mas o empate foi um bom resultado.
 
Por: Tribuna da Bahia