Esporte News

No Vitória é só vencer, vencer ou vencer


Nem álgebra, nem metafísica. Apenas a pura e simples matemática, àquela de que 2+2=4. O time do Vitória volta ao Estádio Manoel Barradas com a consciência de que não existem muitos cálculos e fórmulas à sua disposição no jogo desta tarde contra o Feirense, válido pelas semifinais do Campeonato Baiano. Somente o triunfo, por qualquer diferença de gols, basta 1 a 0, garante a classificação do rubro-negro para a decisão do título Estadual de 2012.

Vice-líder da fase de classificação, o Vitória tinha a vantagem de dois empates, ou dois resultados iguais, contra o Feirense, 3º colocado, para chegar à 3ª fase, a decisão do título. Mas no primeiro jogo, em Senhor do Bonfim, o time do interior venceu por 1 a 0, no Estádio Pedro Amorim, e reverteu a vantagem do empate na partida de volta, esta tarde, no Estádio Manoel Barradas.


Na programação inicial da Federação Bahiana de Futebol, o jogo estava previsto para domingo, dia 29. Mas por solicitação da Polícia Militar, para garantir a segurança das torcidas, em consequência da proximidade dos estádios de Pituaçu e Barradão, o jogo Vitória x Feirense, que têm menos pontos que Bahia x Conquista, foi antecipado para este sábado à tarde, às 16 horas.


O jogo deve marcar a despedida de Ricardo Silva como técnico-interino desde a saída de Toninho Cerezo.
Pelo menos, a direção do Vitória anuncia a contratação de Paulo César Carpegiani, esperado na segunda-feira no CT da Toca do Leão, para ser apresentado e assumir, de imediato a direção da equipe para o jogo de quarta-feira, contra o Botafogo do Rio de Janeiro, no Barradão, válido pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil.



Passando pelo Feirense, Carpegiani também assume o comando da equipe para a decisão do título do Campeonato Baiano, nos jogos contra Bahia ou Vitória da Conquista. 

Neto confirma proposta mas diz não



Neto Baiano diz que não quer sair da Toca. Centro das atenções no último dia de trabalhos no CT da Toca do Leão, pela revelação de que pode estar deixando o Vitória, o artilheiro Neto Baiano confirmou ontem que realmente existem propostas e negociações em andamento para se transferir após a disputa do Campeonato Baiano. Mas o jogador voltou a surpreender.


“O que eu disse é verdade, sou o artilheiro do Brasil e são muitos clubes interessados na minha contratação. Mas só saio do Vitória se a diretoria quiser. Por mim, sentamos, discutimos um acerto salarial, ajuste, e ajudo o time a voltar à 1ª Divisão em 2013”, disse o artilheiro.


Neto confirmou o interesse do Botafogo do Rio, de clubes do futebol paulista, e até do exterior, do Qatar, através de proposta apresentada pelo ex-lateral Edinho Baiano. Mas o jogador disse que pessoalmente não manteve nenhum contato, e apenas é informado pela sua assessoria, a Antonius. O artilheiro lembrou que sua assinatura de contrato foi “traumática”, cheia de problemas, e que teve inclusive uma redução salarial para continuar na Toca do Leão.



“Nada mais justo, agora que estou reafirmando meu valor, sou o artilheiro do time e do Brasil, que o Vitória sente com meus procuradores e acerte um reajuste salarial para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro”, revelou o atacante, que precisa marcar quatro gols nos últimos jogos do Campeonato Baiano, para igualar a marca do recordista Cláudio Adão, com 28 gols.


Fonte: Tribuna da Bahia