Esporte News

Lira veta João Neto, mas dirigente rebate

Aos 16 minutos do segundo tempo da partida entre Bahia e Bahia de Feira, em Pituaçu, uma atitude curiosa do artilheiro do tremendão chamou a atenção dos torcedores presentes no estádio. João Neto se recusou a deixar o gramado após ter sido solicitada a sua substituição pelo técnico Arnaldo Lira.

Um minuto depois, o jogador marcou o segundo gol do time feirense e só assim aceitou a alteração. Revoltado, após a partida o técnico campeão baiano revelou que o atacante não joga mais sob seu comando.
 
"Acho que não joga mais comigo. Deve ter sido por isso que ele não ficou no Bahia. Se eu tivesse no banco ele saia na hora", disse Lira, que cumpre punição imposta pelo TJD-BA.
 
Porém, o presidente do conselho deliberativo do clube, Jodilton Souza, desautorizou o comandante e garantiu que o atleta permanece na equipe. "Temos que ter calma. O João Neto é um patrimônio do Bahia de Feira, não podemos nos desesperar".
 
O dirigente ainda jogou a culpa da queda de rendimento da equipe no colo do técnico. "Estamos pagando o preço de não ter o treinador em campo, não estamos tendo comando firme. Infelizmente ele foi punido uma vez e, por ser reincidente, não evitou outra punição", concluiu.
 
 
Por: Galaticos