Esporte News

Juazeirense arranca empate com o Bahia

No apagar das luzes, já nos acréscimos, o Bahia cedeu o empate para o Juazeirense, em jogo que terminou 1 x 1 na noite desta quarta-feira (4), no estádio Adauto Morais, em Juazeiro, pela vigésima rodada do Baianão. Com este resultado, o tricolor chegou aos 46 pontos, ampliando para nove a vantagem para o Vitória, segundo colocado na tabela. Na próxima rodada, a equipe do Fazendão vai encarar o Bahia de Feira no Pituaçu


.
Gabriel deixa sua marca
Com muitos desfalques, o Bahia entrou em campo no castigado gramado do Adauto e não teve muito trabalho nos primeiros quarenta e cinco minutos. Mostrando um futebol objetivo e comandado pelo talentoso Gabriel, o tricolor fez valer o favoritismo na casa do adversário e desceu para o intervalo com a vantagem.

Após pressionar o Juá, a equipe de Falcão abriu o marcador aos 18. Depois de uma falha no sistema defensivo dos mandantes, a bola sobrou nos pés de Gabriel, que entrou na área e bateu na saída do goleiro Maikon, fazendo a festa da torcida tricolor, que marcou presença nas arquibancadas.

Ainda na etapa inicial, o time da capital teve uma grande chance de ampliar. Ciro fez linda jogada pela esquerda e tocou para Magno, que soltou a bomba, isolando a redonda para fora do estádio.

Bahia diminui ritmo e sofre empate no último minuto
Precisando vencer para escapar do perigo da degola, o Cancão resolveu partir para cima do tricolor baiano. Contudo, bem postado taticamente e sem mostrar preocupação com o bom momento do adversário, o Bahia preferiu manter a cautela e explorou jogadas de contra-ataques.

E em um desses lances, o tricolor teve uma oportunidade antes do quinto minuto do segundo tempo. Ciro brigou pela bola com o volante Capone e chutou no canto, obrigando Maikon a realizar uma linda defesa. Poucos minutos após esse lance, Magno resolveu arriscar da intermediária, assustando o arqueiro adversário.

Mais agressivo ofensivamente, os mandantes por pouco não empataram aos 26. Diego Jussani furou a bola na frente de Cicinho, que entrou na área e tentou driblar Marcelo Lomba. O arqueiro tricolor foi mais rápido e o interceptou, para o desespero do treinador Haroldo Moreira.
Depois de pressionar, o Cancão conseguiu o empate aos 48.

FICHA TÉCNICA
Juazeirense 1 x 1 Bahia
Local: Estádio Adauto Morais, em Juazeiro.
Data: 04/04/2012
Árbitro: Lúcio José Silva de Araújo
Auxiliares: Marcos Welb Rocha de Amorim e Kleber Moradillo da Silva.

Juazeirense: Maikon; Hugo, Edi, Vaguinho e Gelvane; Naldo, Neném (Rafael Baiano) e Capone; Augusto, Clodoaldo (Marcinho) e Cicinho (Anderson). Técnico: Haroldo Moreira

.
Bahia: Lomba; Coelho, Rafael Donato, Diego Jussani e William Matheus; Fahel, Lenine, Magno (Morais) e Gabriel; Lulinha (Jones) e Ciro (Rafael). Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Por: Bahia Notícias