Esporte News

Bode reverte vantagem do Bahia

começou com todo gás. Logo aos 9 minutos, o Bode fez uma boa jogada pelo lado esquerdo e a bola sobrou para Carlinhos. O atacante, sozinho, bate no contra-pé de Marcelo Lomba e coloca a equipe à frente do placar.
Depois do gol sofrido, Falcão realizou duas modificações que desfiguraram o time do Bahia. Na primeira tirou Júnior e colocou Vander e tirou Magno colocando Hélder. Com isso, o Bahia perdeu a criação no meio de campo e ficou sem um homem referência na área.
Após ver suas substituições não darem certo, Falcão colocou Ciro no lugar de Fabinho, tentando nos momentos finais do jogo, no mínimo, igualar o placar, algo que não foi possível.
Ficha Técnica:
Vitória da Conquista (1): Rodolfo; Átila, Naldo (Alemão), Sílvio e Claudemir; Edimar, Mica, Júnior Gaúcho e Carlinhos; Roni (Maurício Pantera) (Alessandro Azevedo )e Hugo.
Técnico: Elias Borges.
Bahia (0): Marcelo Lomba; Madson, Rafael Donato, Titi e Gerley; Fabinho (Ciro), Diones, Magno (Hélder) e Gabriel; Lulinha e Júnior (Vander).
Técnico: Paulo Roberto Falcão.
Local: Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista (BA)
Data: 22/04/2012 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Jailson Macêdo Freitas (BA)
Assistentes: José Raimundo Dias da Hora (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Apesar de ter vantagem por ser líder, o Bahia perdeu para o Vitória da Conquista, por 1 a 0, neste domingo, e vai precisar vencer a próxima partida para ser finalista do Campeonato Baiano.

No primeiro tempo a partida ficou marcada pelos de criação do Bahia e o excesso de vontade por parte do Vitória da Conquista.

A primeira oportunidade aconteceu aos 6 minutos, quando Átila fez uma boa jogada pelo lado direito e tocou para Roni. O atacante chutou de primeira e a bola saiu em tiro de meta. O Bahia respondeu no lance seguinte, mas Júnior colocou a redonda por cima da trave.

Depois do início eletrizante, o próximo lance de perigo aconteceu apenas aos 21 minutos. Lulinha recebeu um belo passe e bateu cruzado, mas a bola saiu em tiro de meta. Dois minutos depois o Conquista respondeu. Depois de uma boa jogada pelo lado esquerdo e a bola sobrou para Átila. O lateral bateu forte e Gerley tirou para escanteio.

Mas a principal a oportunidade do Conquista aconteceu aos 29 minutos. Maurício Pantera recebeu um belo cruzamento e sozinho cabeceou por cima da meta de Marcelo Lomba, deixando a igualdade no placar da primeira etapa.

No segundo tempo o Vitória da Conquista começou com todo gás. Logo aos 9 minutos, o Bode fez uma boa jogada pelo lado esquerdo e a bola sobrou para Carlinhos. O atacante, sozinho, bate no contra-pé de Marcelo Lomba e coloca a equipe à frente do placar.

Depois do gol sofrido, Falcão realizou duas modificações que desfiguraram o time do Bahia. Na primeira tirou Júnior e colocou Vander e tirou Magno colocando Hélder. Com isso, o Bahia perdeu a criação no meio de campo e ficou sem um homem referência na área.

Após ver suas substituições não darem certo, Falcão colocou Ciro no lugar de Fabinho, tentando nos momentos finais do jogo, no mínimo, igualar o placar, algo que não foi possível.
Ficha Técnica:

Vitória da Conquista (1): Rodolfo; Átila, Naldo (Alemão), Sílvio e Claudemir; Edimar, Mica, Júnior Gaúcho e Carlinhos; Roni (Maurício Pantera) (Alessandro Azevedo) e Hugo.
Técnico: Elias Borges.

Bahia (0): Marcelo Lomba; Madson, Rafael Donato, Titi e Gerley; Fabinho (Ciro), Diones, Magno (Hélder) e Gabriel; Lulinha e Júnior (Vander).
Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Local: Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista (BA)
Horário: 16h
Árbitro: Jailson Macêdo Freitas (BA)
Assistentes: José Raimundo Dias da Hora (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Data: 22/04/2012 (domingo)
Fonte: Arena