Esporte News

Bahia sem Ávine para as finais do Baiano


Se não bastassem as lesões musculares e contusões que os jogadores do Bahia têm sofrido, acidentes também andam tirando atletas de ação no clube. No sábado, Ávine, que já estava na reta final de condicionamento físico e quase pronto para voltar ao time, acabou fraturando o dedo polegar da mão num acidente na piscina do clube no CT do Fazendão, e vai ficar aproximadamente 20 dias fora dos gramados. O jogador havia se recuperado de uma tendinite no joelho esquerdo.

Um exame de imagem realizado na manhã de ontem confirmou a fratura no primeiro metacarpiano da mão esquerda. O jogador não precisará passar por cirurgia para tratar da lesão, mas teve que imobilizar o local machucado.
 
Este ano, Ávine tem sido um grande problema para o Bahia. O jogador, que esteve envolvido em uma negociação, não concretizada, com o Atlético Mineiro no início do ano, tem sido  um desfalque constante para o tricolor na atual temporada. 
 
Em janeiro, ele se queixou de dores no joelho e teve que passar por uma artroscopia. Pouco tempo depois, quando já treinava com o elenco, uma tendinite o afastou novamente dos gramados. A expectativa do Departamento Médico do Bahia era de que Ávine tivesse condições de atuar na segunda partida contra o Vitória da Conquista, pela semifinal do Campeonato Baiano 2012. A nova lesão, no entanto, deve atrasar os planos tricolores. 
 
Apesar de não poder realizar treinamentos com bola, Ávine deve participar de treinos físicos na academia do Bahia durante o período de recuperação. 
 
A partir das 9 horas desta terça-feira começa a venda dos ingressos para o jogo do Bahia contra o Remo, quinta-feira, no Estádio de Pituaçu, pela 2ª fase da Copa do Brasil, ao preço de R$ 30. 
O valor é R$ 5 a mais do que vinha sendo cobrado nos jogos pelo Campeonato Baiano.
 
Fonte: Tribuna da Bahia