Esporte News

Vitória vence com quatros gols de Neto Baiano

Não foi uma atuação inspirada, como a do Ba x Vi do último domingo, mas o Vitória teve poucas dificuldades para golear a Juazeirense nesta noite de quarta-feira (21), no estádio Manoel Barradas, por 4 x 1, pela décima sexta rodada do Campeonato Baiano, com todos os gols marcados pelo atacante Neto Baiano, em um dia iluminado. Com este resultado, o rubro-negro encosta no Bahia, líder da competição, chegando aos 32 pontos. Na próxima rodada, a equipe de Toninho Cerezo vai encarar o Bahia de Feira, domingo, no Jóia da Princesa.

Vitória pressiona, perde chances e Neto brilha no Barradão
Mesmo sem apresentar um grande futebol, como no clássico Ba x Vi do domingo passado, o rubro-negro não teve grandes dificuldades contra a Juazeirense e logo aos nove minutos o goleiro Maicon teve trabalho. Após cruzamento de Nino Paraíba da direita, o volante Uelliton apareceu como homem surpresa e testou firme, exigindo do arqueiro adversário a fazer uma linda defesa.

Mantendo o mesmo ritmo, o Leão continuou pressionando os visitantes e teve uma grande oportunidade de abrir o placar aos 16, com o garoto Mansur. Saindo das suas características, o jogador tentou surpreender Maicon com uma bomba de fora da área, acertando a trave juazeirense.

E depois de tanto insistir, o rubro-negro tirou o zero do marcador aos 32. O rápido Rildo entrou na grande área e foi derrubado pelo zagueiro do Cancão. Ademilton Carigé não teve dúvidas e marcou o pênalti, convertido por Neto Baiano, artilheiro do Brasil, que assinalou seu décimo sétimo gol na temporada.

Mais organizado taticamente, o Leão ampliou aos 39, novamente com Neto. Ele recebeu lançamento do zagueiro Rodrigo e chutou de primeira, dentro da área, colocando no fundo das redes, fazendo a festa da torcida presente no Barradão.

Leão diminui ritmo, mas consegue goleada
Em um segundo tempo cheio de faltas e cartões, as duas equipes diminuíram o ritmo e o confronto ficou sem graça. Contudo, logo aos três minutos, os visitantes ficaram sem o volante Vaguinho, expulso depois de cometer falta dura em Mansur. Com essa expulsão, o Cancão passou a ter ainda mais dificuldades em campo.

Contudo, mesmo com essa desvantagem numérica, a Juazeirense conseguiu fazer seu gol de honra aos 24. Augusto foi derrubado na área por Michel, que recebeu o cartão vermelho. Na cobrança do pênalti, o baixinho Clodoaldo bateu com categoria, sem chances para o goleiro rubro-negro Renan.

Apesar de pressionado, o rubro-negro ficou mais tranquilo depois que Naldo também desceu para o vestiário mais cedo, abrindo espaços para os mandantes. E, na sequência deste lance, aos 35, Neto anotou seu terceiro tento no duelo. Em uma troca de passes entre Rildo e Mansur, a redonda caiu nos pés do artilheiro, que não teve perdão, estufando as redes da equipe do sertão.

E para terminar a noite iluminada, Neto ainda deixou sua marca pela quarta vez. Com uma linda arrancada, Maia tocou para o centroavante da esquerda, que chegou desviando, fechando o caixão do Cancão.
FICHA TÉCNICA
Vitória 4 X 1 Juazeirense
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: Quarta-feira, 21 de março.
Árbitro: Ademilton Piedade Carigé.
Assistentes: José Raimundo Dias da Hora e Arlã José Estrela de Souza.

Vitória: Renan, Nino (Léo), Gabriel (Dankler), Rodrigo, Mansur; Uelliton (Arthur Maia), Michel, Ken, Lucio Flavio.; Rildo e Neto Baiano. Técnico: Toninho Cerezo.

Juazeirense: Maicon; Michel, Ed, Jalnir e Gelvane; Vaguinho, Naldo, Capone (Neném) e Marcinho (Clodoaldo); Augusto (Isaías) e William. Técnico: Aroldo Moreira.

Fonte: Bahia Noticias