Esporte News

"Não vai cancelar o Bavi"

Esta quarta-feira (14) amanheceu bastante movimentada para o futebol baiano. A Justiça anunciou na noite desta terça-feira (13) a sentença que destitui toda a diretoria do Esporte Clube Bahia, nomeando o interventor, Carlos Rátis, para a direção da agremiação. Desde o início da manhã, o setor jurídico tricolor encontra-se reunido, visto que a decisão ainda cabe recurso. Sendo assim, o vice-presidente jurídico tricolor, o advogado Ademir Ismerín concedeu entrevista à uma emissora de rádio baiana, para esclarecer quais serão os procedimentos adotados pela atual gestão.

 "Vamos propor recursos e tentar o efeito suspensivo. Marcamos uma reunião com toda diretoria e o presidente Marcelo Guimarães Filho para essa manhã. As providências serão essas e vamos trabalhar nesse pensamento", explicou Ismerin.

A torcida tricolor vive momentos tensos e algumas dúvidas foram esclarecidas pelo vice-presidente jurídico do Bahia, como a permanência dos jogadores contratados para esta temporada e sobre a realização do Bavi deste domingo (18).

"Os atos são legais, já que eles são investidos no poder do presidente Marcelo Guimarães Filho. A partir de agora, ele não poderia fazer o papel. Precisamos respeitar a determinação, mas não há nenhum risco em relação ao clássico. Não vai cancelar o Bavi", garante o advogado.

Fonte: Galaticos Online