Esporte News

Marquinhos ou Rildo, a boa opção de Cerezo

Neto foi o herói da goleada de 4 a 1 sobre a Juazeirense, mas a atuação do atacante Rildo foi decisiva no triunfo do rubro-negro na 16ª rodada do Campeonato Baiano.

O atacante, que esteve um longo período recuperando-se de uma lesão de joelho, mostrou na quarta-feira, no Barradão, que está voltando à sua melhor forma e vai lutar pela condição de titular  no ataque do Vitória na reta de chegada para a decisão do título.

Rildo ou Marquinhos? Esse é o novo e “doce” problema do técnico Toninho Cerezo na escalação do Vitória. 
Mesmo porque, durante todo o período de recuperação, o futebol e a importância de Rildo sempre foram lembrados pelo treinador, que lamentava sua ausência da equipe.

Pelo que rendeu o atacante contra a Juazeirense, dificilmente Marquinhos volta à equipe neste jogo de domingo, contra o Bahia de Feira, no interior do Estado.

Marquinhos não vem jogando bem, teve uma fraca atuação no clássico Ba-Vi, saiu contundido, com dores musculares, e por isso não jogou a partida de quarta-feira no Barradão.

Nos trabalhos de hoje no CT da Toca do Leão, Cerezo vai avaliar as condições dos dois jogadores para definir o titular.

De qualquer forma, o Vitória muda o time, com a ausência de Michel, expulso contra a Juazeirense, e a volta de Geovanni ao meio-campo. Rodrigo Mancha deve ser o substituto de Michel.

A expectativa é com relação à possibilidade da volta de Wellington Saci à lateral-esquerda, outro jogador que ficou um longo período em recuperação de lesão no joelho direito, no Departamento Médico da Toca do Leão.

O lateral não atua pelo rubro-negro no Campeonato Baiano desde o dia 5 de fevereiro, justamente contra o adversário deste domingo, quando o time goleou o Bahia de Feira por 4x0 no Estádio do Barradão.

Fonte: Tribuna da Bahia