Esporte News

Vitória para no Atlético

O Vitória teve que se contentar com seu 5º empate no Campeonato Baiano, com o resultado de 0 a 0 contra o Atlético ontem à noite, no Estádio Mariano Santana, na cidade de Serrinha, no interior do Estado. O time do técnico Toninho Cerezo não fez uma boa partida, principalmente no primeiro tempo, e não merecia outro resultado na abertura da 10ª rodada da fase de classificação do Estadual 2012, diante de um adversário que lutou muito na partida.

O Vitória dormiu no 3º lugar na fase de classificação, com 17 pontos ganhos, mas na complementação da rodada, hoje à noite, o rubro-negro pode voltar para o 4º lugar, em caso de triunfo ou empate do Vitória da Conquista, no jogo desta noite contra o Feirense, no Estádio Lomanto Júnior, em Conquista.

O Vitória volta a jogar em casa no domingo, contra o Serrano. Nesse jogo, o técnico Toninho Cerezo não vai poder contar com o artilheiro Neto Baiano e o meia Mineiro, ambos suspensos pela 3ª advertência do cartão amarelo. Gabriel volta para formar a dupla de zaga com Victor Ramos.

Ontem, Cerezo promoveu a estreia do goleiro Renan, e nesta opção, acertou, com uma grande atuação do jogador do Corinthians e da Seleção Brasileira, que no primeiro tempo fez pelo menos três grandes defesas. Mas o treinador errou ao optar por três homens de ataque, Dinei, Neto Baiano e Marquinhos, porque perdeu a força do meio-campo.

No 2º tempo, o Vitória mudou com Arthur Maia e Geovanni, tirando Lúcio Flávio e Neto Baiano, reforçando o setor de meio-campo e conseguiu impor seu ritmo de jogo. Mas esbarrou na segurança do goleiro Marcos Paulo, que, com defesas decisivas, garantiu o placar de 0 a 0 na partida.
“O Vitória está sentindo a falta de um homem de ligação no meio-campo. Melhoramos no segundo tempo, criamos mas faltou o gol. Acho que o time jogou bem”, disse Cerezo.

Mais três jogos hoje no interior

Além de Vitória x Camaçari, outro jogo abriu ontem à noite a 10ª Rodada da fase de classificação do Campeonato Baiano. Serrano e Camaçari empataram por 2 a 2, gols de Ciel e Felipe Adão, Junior e Dinho, no Estádio Lomanto Júnior, na cidade de Vitória da Conquista, com o time da casa sem sair das últimas colocações. Hoje, além de Bahia e Fluminense, mas três jogos completam a rodada no interior do Estado.

Destaque para o jogo do líder absoluto, o Bahia de Feira, que vai até a cidade de Juazeiro enfrentar o Juazeirense no Estádio Adauto Moraes. O jogo começa às 20h30 com arbitragem de Johnn Herbert Alves Bispo. Em Itabuna, no Estádio Luis Viana Filho, o Itabuna recebe a visita do Juazeiro, e tem a sua melhor oportunidade, diante do último colocado, de vencer a sua primeira partida pelo Campeonato deste ano.

A arbitragem será de Vidal Cordeiro Lopes. Fechando a 10ª rodada, esta noite, em Vitória da Conquista, jogam o Vitória da Conquista e o Feirense, no Estádio Lomanto Júnior, com arbitragem de Carlos Alberto de Souza Vila Nova. O jogo vale vaga no G-4 da fase de classificação, com os donos da casa defendendo o 3º lugar, e o clube de Senhor do Bonfim, 6º colocado com 14 pontos, determinado a derrubar o time de Conquista, 2º colocado com 16 pontos ganhos.

Clube é 69º na Conmebol

A Conmebol divulgou a atualização do ranking da entidade, já levando em conta os resultados dos primeiros jogos da Taça Libertadores. O Internacional de Porto Alegre é o clube brasileiro mais bem colocado, seguido pelo Santos, sétimo no geral.

O Cruzeiro aparece no 9º lugar, na frente de São Paulo (11º), Fluminense (15º), Palmeiras (17º) e Flamengo (19º). A LDU, do Equador, lidera. O Vitória, mesmo permanecendo na segunda divisão pelo segundo ano consecutivo, é o 69º colocado, à frente, por exemplo, de clubes importantes como Sport, Atlético-PR, Ceará, Cruz Azul do México, Cienciano e América de Cali, da Colômbia.

No novo ranking da Conmebol, vigente desde maio de 2011, a entidade toma como base as últimas cinco temporadas e contabiliza diante de quatro fatores: vitórias e empates em partidas oficiais das cinco competições listadas abaixo; pontos em caso de título e avanço nas fases decisivas; variação na pontuação dependendo da competição (Exemplo: a Libertadores tem um peso maior); e pontuação maior aos torneios mais recentes.

As cinco competições que contam pontos no ranking: Libertadores (CLA); Copa Sul-Americana (CLA); Recopa – campeão da Libertadores x campeão da Sul-Americana (REC); Copa Suruga – campeão da Sul-Americana x campeão da Copa da Liga Japonesa (CSB) e Mundial de Clubes da Fifa.

Fonte: Tribuna da Bahia